7 motivos para comprar um caderno pontado

Veja como um caderno pontado pode ser uma ferramenta essencial

As páginas em branco de um papel nos fornece inúmeras possibilidades. Caderno pontado é ótimo para criar, escrever, desenhar… Folhas pontilhadas dão uma base para escrever reto e sem que as linhas apareçam mais que o conteúdo, veja aqui algumas inspirações para você.

 

O caderno pontado é muito mais clean e minimalista que o pautado, e dá noção de dimensões, diferente do sem pauta. Com as folhas pontilhadas você consegue se orientar na folha, escrever de forma mais harmoniosa e de longe mal dá pra ver os pontinhos. É muito bacana!

O mais incrível dele são as inspirações que levam a transformar um simples caderno em branco em um projeto para melhorar nossa qualidade de vida! Não é a toa que os cadernos pontados estão em alta!

Veja abaixo formas de usar o caderno pontado na sua vida em busca de mais organização, criatividade, produtividade e realização:

1. Bullet Journal

Criado por Ryder Carroll, o bullet journal é um sistema de organização baseado em registros rápidos. Veja esse infográfico para saber mais detalhes para aplicar esse sistema.

2. Controle de vida com habit tracker

O habit tracker ou rastreador de hábitos é uma ferramenta para controle de hábitos. O rastreador de hábitos, por dar uma visão de vários hábitos ou rotinas juntos, é perfeito para nos mostrar como eles se relacionam e influenciam de acordo com a frequência de cada um marcada na tabela. Transforma seus hábitos em dados de uma maneira criativa e visual.  

Habit tracker na página pontilhada do Planner Mensal

3. Caderno da gratidão

Exercitar a gratidão é uma atividade indicada para promover a atenção plena, o estar presente, o poder do agora. Isso trás sentido de satisfação e abundância. De felicidade e prosperidade.Acredite, é um exercício poderoso. Anote com sua própria letra, tocando o papel, pelo que você é grato a cada dia. Você pode separar por mês, e ao final de cada mês, reler. 

caderno pontado

4. Morning Pages

Pensando em uma limpeza da mente e no desbloqueio criativo, a escritora Julia Cameron criou uma técnica que ajuda no autoconhecimento, clareza e organização de ideias e soluções. Morning Pages nada mais são que três páginas que escrevemos à mão, logo pela manhã, e nas quais colocamos qualquer coisa que vier à nossa cabeça. 

 

Você já conhece o caderno pontilhado da Wish Planner? Clique abaixo para ver mais detalhes e colocar em prática agora todas essas dicas!

Ver Caderno Pontilhado da Wish Planner

 

5. Mapas Mentais

Criar mapas mentais é um recurso ótimo para organizar idéias. Seja de um brainstorm a um resumo de livro. A utilização dos recursos visuais é uma das partes mais importantes dessa metodologia. Ao lembrarmos das formas cores e estruturas, estaremos fornecendo pistas necessárias à nossa memória para que ela recupere as informações que desejamos. Dessa forma estamos usando os dois lados do cérebro nesta operação e fazendo com que o cérebro realize mais conexões. Isso ativa a nossa memória e a aumenta nossa capacidade de aprendizagem. 

Via projournalers.org

6. Listas por Contexto

Nós achamos fundamental fazer listas para tarefas que não possuem data e horário marcados, mas que precisam ser realizadas dentro de um período de tempo. Você tem então um lembrete físico e constante de quais tarefas você precisa se concentrar para terminar seus projetos atuais antes de começar novos projetos. Ao mesmo tempo, ter toda a visão geral de seus projetos desenhada na sua frente o ajuda a se sentir calmo e no controle do progresso do seu trabalho como um todo. O método de produtividade GTD indica separar as tarefas em listas por contexto, para facilitar o acesso quando se encontrar em cada situação. Exemplo:  Ao telefone, Na internet, Em casa, Na rua, No escritório… Nós que amamos listas, também temos as de metas do ano, de filmes, de livros…

 

7. Anotações ou Caixa de Entrada

Anotar as coisas conserva a energia mental que gastamos com a preocupação de possivelmente esquecê-las e com o esforço de não esquecer. Quando temos algo importante na cabeça, especialmente algo a fazer, ficamos com medo de esquecer, por isso nosso cérebro fica ruminando num “loop de ensaio”. Anotar permite que o loop abra mão dessa necessidade relaxando os circuitos para que possamos nos concentrar em algo diferente. Transferir o máximo de informação para o mundo externo mantém a cabeça mais livre. No método de produtividade GTD, a caixa de entrada nada mais é que o conceito dado ao lugar onde é depositado qualquer tipo de informação para posterior seleção e destinação. Isso facilita muito a vida!

Você já conhece e utiliza algum desses sistemas? Se não, qual te chamou mais atenção para aplicar na sua realidade? Aproveite e ponha em prática no seu caderno pontado já!

Fora de estoque
R$139,00
Fora de estoque
R$139,00
R$35,00
R$30,00

 

 

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *