Como desacelerar para enxergar o essencial

tempo de leitura: 5 minutos

“Já parou para observar os carros a jato correndo pelas avenidas naquela direção? Às vezes acho que os motoristas não sabem o que é grama, ou flores, porque nunca param para observá-las. Se a gente mostrar uma mancha verde a um motorista, ele dirá: Ah sim! Isso é grama! Uma mancha cor-de-rosa? É um roseiral! Manchas brancas são casas. Manchas marrons são vacas.” Farenheit 451

 

Quando estamos tão ocupados que não conseguimos mais sentir a beleza da simplicidade e do tempo, sabemos que perdemos o rumo. Quando nos sentimos sob pressão, ou não estamos cuidando de nós mesmos é um lembrete para desacelerar, respirar e tirar um tempo para se realinhar.  Podemos evitar o estresse e liberar a energia agressiva da pressa para abrir caminho para a revigorante energia da fluidez. 

A pressa parece ser o ritmo padrão para muitos de nós hoje em dia, mas deturpa nosso ritmo de viver e enxergar o mundo e a nós mesmos. Por isso surge a importância de desacelerar nesta vida moderna tão agitada, para assim enxergar o que é essencial.

Selecionei abaixo algumas dicas:

 

-ESVAZIE A MENTE

A direção é mais importante que a velocidade, e se não tivermos isso em mente perdemos muitas coisas. O remédio é treinar a atenção e esvaziar a mente. Treinar o foco em viver o presente e prestar atenção no que está fazendo. 

Por isso, quando tudo ao seu redor está indo rápido demais, pare e se pergunte: “O mundo é agitado ou será que é a minha mente?”

Meditar é uma prática que ajuda a esvaziar a mente e focar no presente.

 

-DEVANEIE

Há dois estados de atenção do cérebro: 

  • executivo central: quando o cérebro se concentra para realizar uma tarefa. 
  • devaneio: quando o cérebro descansa.

Quando devaneamos e conversamos sozinhos (incluindo diálogos com respostas), o diálogo interno é gerado por uma parte do cérebro e as respostas são dadas por outras áreas que possuem a informação. Aliás, é no modo devaneio que o cérebro transforma o que você aprendeu em conhecimento. Então, se desconectar e pensar sozinho ajuda a se conhecer melhor e organizar informações. 

Um bom hábito para fazer isso é através do Morning Pages

 

-CONTEMPLE

Contemplar é como enxergar a beleza do tempo. E em um mundo que muda constantemente, momentos como esse podem fazer parecer como se o próprio tempo piscasse para nós. 

Por um instante, nos encontramos completamente imersos na experiência, sem nos importar com o passado ou com o futuro, e ao mesmo tempo conscientes de que esse momento em si não vai durar muito. E esse tipo de tesouro pode ser encontrado nos menores detalhes do dia a dia, se pudermos desacelerar, estar alertas e prestar atenção, por tempo suficiente, para perceber.

 

-CRIE RITUAIS & INTERVALOS DE CALMA

Já pensou em criar um momento de reflexão e meditação em meio à sua vida agitada? O movimento de pausa é importante para realinhar. E quando transformamos esses momentos em rituais, criamos espaço para eles existirem em nossa vida: a hora do chá, a meditação noturna, o dia do planejamento… 

Por exemplo, quando paramos para fazer nosso planejamento do ano (ou da semana), promovemos um momento de reflexão e meditação sobre a vida. Pois o planejamento é um espaço seguro para pensarmos com calma nas tomadas de decisão, ao invés de apenas reagirmos ao que aparece.

 

Além disso, manter as prioridades definidas e organizadas no planner, também ajuda a manter a mente livre do ônus de memorizar tudo o que temos para lembrar. Isso nos permite a esvaziar a mente e focar no presente.

Por isso, o Wish Planner tem todas as etapas do Método AGORA, que faz a gente mergulhar em nós mesmos e refletir sobre a vida, nossas perspectivas, objetivos e caminhos. Tendo uma visão geral de tudo em um só lugar.

Reserve um momento da semana, como a tarde de domingo para o seu ritual de planejamento da semana: faça um chá, sente com o seu planner e caneta, revise a semana que passou, as suas metas e áreas da vida, e anote seus compromissos e tarefas.

 

Precisamos encontrar formas de desacelerar, sair da procura constante por mais e conseguir notar o que já está em nosso campo de visão. Desacelerar o suficiente para olhar e prestar atenção no que está sob a superfície, se permitir perceber mais, sentir mais, ver mais e vivenciar mais.

No entanto, desacelerar não significa dar um tempo no desejo de fazer um trabalho significativo para o mundo, se desenvolver ou atingir metas. Desacelerar é importante como contraponto a ir depressa, sem curtir o processo, e às vezes é bom variar um pouco nossa velocidade. 😉

esse texto faz parte da série MANTRAS, um projeto especial que compartilha sobre a origem, importância e prática dos mantras da Wish Planner. Serão ao todo 12 textos, com lançamento de 1 mantra a cada mês.

 

Livros que me inspiraram ao escrever esse texto:

  1. A mente organizada 
  2. Wabi Sabi
  3. As coisas que a gente só enxerga quando desacelera
  4. Farenheit 451

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *