Detox digital: dicas para ter uma vida digital mais saudável

Mês passado li o livro Conexão Essencial da Gabriela Brasil, da qual temos a honra de trabalhar junto em alguns projetos e já compartilhou dicas valiosas aqui no Mentes Organizadas. O Conexão Essencial me trouxe várias reflexões sobre minha relação com a tecnologia, em especial a que trazemos na palma da mão. E acredito que não sou a única a estar aprendendo a lidar com a organização da vida digital já que é tudo relativamente muito novo em termos de (r)evolução social.

A vida digital deve existir para ajudar a nossa vida real. No entanto, além de ser novidade, tudo mudou (e muda constantemente) numa velocidade enorme. Estamos ainda aprendendo a lidar com essa incrível tecnologia e tentando tirar o melhor dela. Será? Parece que estamos nos empanturrando, nos sentindo cada vez mais pesados e sem energia. A Wish Planner nasceu, dentre outras causas, da necessidade de desintoxicação digital e reequilíbrio para organizar a mente e poder voltar a fixar no nosso propósito, antes entulhado embaixo de tanta informação urgente e sem importância.

Conexão essencial x ansiedade de desconexão 

A internet tem o seu próprio tempo ou melhor, ela não tem limite de tempo (e espaço) e nós, com nossas 24h contadas, tentamos acompanhar e dar conta de tudo para não ficar para trás. E nos sentimos assim, sem tempo. O volume de informações produzidas e recebidas diariamente hoje é maior do que o recebido em um ano há tempos atrás. E quantidade está longe de qualidade, seja na informação ou na forma em que processamos ela para ser útil a nossa vida e contribuir para o mundo.

Nomofobia, porforofobia… são só alguns nomes de “novos medos” e ansiedades relacionados a dependência patológica de celular e internet. Mas tudo isso não é culpa da tecnologia. Basicamente a forma que a usamos mostrará se ela se manifestará para nós como o veneno ou o remédio, um problema ou uma solução.

Então…

se você está sentindo que precisa dar uma desacelerada para organizar a sua vida digital e saber o que é essencial e útil para você, destacamos algumas dicas abaixo para mudar seus hábitos em busca de uma vida digital mais saudável.

 

Como iniciar um Detox Digital

 

Desinstale os programas e aplicativos que não usa

Você irá liberar mais espaço no dispositivo e manter o acesso a eles mais fácil.

Evite acordar com o celular

Atualmente usamos o próprio celular como despertador, o que acaba sendo o gatilho para já acessar as notificações no primeiro minuto que abre os olhos. Para evitar isso, você pode aderir a um despertador analógico, ou colocar o celular em modo avião antes de dormir.

Desabilite as notificações

Notificações pipocando se tornam um gatilho para pegar o celular a cada momento, e aumenta consideravelmente a ansiedade com o medo de estar perdendo informações, atualizações e recompensas (os likes). Para não ser refém delas e voltar a ter controle sobre o seu tempo, desabilite para acessar apenas no período delimitado para tal.

Evite sacar o telefone enquanto está com pessoas

Demonstre sem medo que se você está ali naquele momento com aquelas pessoas, foi uma escolha sua, e que portanto, essa é a sua prioridade e você tem algo a contribuir.

Aproveite o silêncio sem buscar distrações

Já reparou que não temos dado um minuto de descanso para o cérebro? Ficou sem assunto, checa o celular. Está no elevador, checa o celular. Parado no ônibus, checa. E isso não é bom. Prejudica várias funções que inclui até o aprendizado e tomada de decisões. Então, tome consciência de como você tem reagido a momentos de ócio, e ao invés de automaticamente pegar o celular, apenas seja, sem fugir do momento.

JUNTE-SE A NOSSA LISTA VIP

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Abra menos abas no computador

Levanta a mão quem faz isso! Eu era exatamente assim. Milhões de abas abertas tentando dar conta de tudo ao mesmo tempo. Sabe quando eu fazia isso? Quando abraçava as prioridades de todas as pessoas porque não tinha as minhas prioridades definidas.

Não deixe de estar presente e vivenciar o momento para capturar imagens

Ansiedade é o excesso de preocupação com o futuro, fazendo com que você deixe de aproveitar o presente.  Se para você, o melhor de um show ou de uma viagem são as fotos que você poderá registrar delas, é um sinal de que você não está aproveitando os momentos presentes sem pensar nos produtos futuros. Se você sente que uma experiência na “vida real” não está completa se não estiver compartilhada na “vida digital”, já é algo a se refletir. O problema não são as fotos e postagens, mas o excesso de tempo e importância despendidos a elas, em detrimento de apenas relaxar e viver o momento. De estar presente.

Estipule um limite de tempo para redes sociais

Pois é, você não precisa simplesmente sair de todas as redes sociais. Basta manter as que realmente você se sente bem e serve a um propósito, e delimitar o tempo que passará nelas.

 

Escolha o que consumir na internet

Temos consumido informação, como temos nos alimentado. Nos empanturrando. Pegamos o que está mais à disposição, o que todos estão consumindo, sem sequer ler os rótulos para saber a procedência e o que tem dentro. A dica é: Filtre as fontes de informação. Veja o que realmente tem qualidade e que serve ao seu propósito.

Delimite um horário para responder mensagens e e-mails

Esta é uma dica de organização de tempo e produtividade que os experts sempre dão. Define um bloco de tempo único ao dia para responder as mensagens e e-mail ao invés de abrir a cada demanda, trocando seu foco e gastando tempo e energia para retomar cada atividade em um sistema multitarefa. A questão aqui é se manter firme as suas prioridades e respeitar o seu tempo. Sabemos que é difícil. Atualmente, com as mensagens instantâneas e as várias plataformas, muitas pessoas acreditam que o retorno também deve ser instantâneo. Há quem tenha o hábito de enviar a mensagem para diversas plataformas, ou te enviar um e-mail e te avisar em outra. Mantenha-se firme, que ao respeitar o seu tempo, as pessoas irão aprender a respeitar também.

Quando estiver com raiva, não responda

Com a velocidade que as relações e reações tomaram na internet, a comunicação muitas vezes se torna superficial, desencontrada e sem rumo. Reaprender a se comunicar de verdade, ou seja, a escutar para tentar entender a mensagem do outro e a expressar o que sente e fatos, ao invés de culpas e julgamentos, é fundamental para uma resolução eficaz. Veja aqui nosso texto com dicas para resolver conflitos com a “Comunicação Não-Violenta”.

O que você publica contribui para algo?

As vezes somos nós que entulhamos a internet com informações. Refletir sobre o que postamos é um bom começo para gerar conteúdo relevante e agregador.

 

Essas dicas preciosas foram inspiradas do livro Conexão Essencial. Espero que tenha gostado. Compartilhe aqui nos comentários os seus desafios com na vida digital e o que tem feito para solucioná-los. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *