Mentes Organizadas: a criatividade com disciplina da artista Kaju

Kalina ou "Kaju" se identifica como uma pessoa que vive bem da sua arte. Tem paixão pela multidisciplinaridade, fruto da sua jornada e da sua origem. Além de ser parceira de vida e de projeto do Marcos na Person.a, a Kaju tem um trabalho incrível na criação de telas e ilustrações. Hoje vamos ver como ela mantem a criatividade e a produtividade, unindo disciplina e determinação à uma imaginação pró-ativa.


Nas atividades do seu dia a dia, no que você se considera expert?
Sempre fui uma pessoa muito atenta a disciplina, para sempre ter a sensação de estar à frente do tempo, e não correndo atrás dele. Agindo e não esperando as coisas serem feitas por mim. Hoje aplico isto na minha vida profissional e pessoal também de forma coerente. Disciplina criativa - eu diria que é um dos meus pontos mais fortes e que me permite viver (d)a minha arte. Criar a qualquer hora. Foco em qualquer lugar. Execução com alto rendimento e respeito à entregas e prazos com antecedência. Algo que aprendi na infância, aceitei, compreendi e hoje aplico de forma prática no meu dia a dia. A disciplina é uma ferramenta essencial para um cotidiano criativo e livre. 

Como você faz para não perder os seus objetivos de vista? Você tem algum rito para ficar sempre em contato com as suas prioridades?
Até pouco tempo atrás guardava os objetivos e tarefas prioritárias na minha memória, e hoje aprendi a escrevê-los online. 

Divido os dias em blocos como movimento (exercício e meditação), alimentação, trabalho e descanso. Cada bloco deste é dividido em blocos menores como emails, tarefas e redes no bloco de trabalho por exemplo. Para que estes blocos realmente sejam produtivos, entra a questão da disciplina, que ajuda no foco e desenvolvimento de cada tarefa. Nos outros blocos, durante a rotina de exercícios e meditação - por exemplo - deixo pensamentos passarem e me lembro daquilo que amo fazer, o porquê e o que estou fazendo para chegar lá. É um “self talk” que ajuda a manter os objetivos em mente.

Com a repetição diária destes rituais, a separação do que é preciso ser feito e do que é supérfluo vai ficando cada vez mais clara. Basta encontrar os reais motivadores que te levam a fazer isso - ou aquilo. Como você passa o seu tempo dita quem você é, e como você será no caminhar da sua vida. Como você passa o seu tempo define a o que você está comprometido. Para isso, diariamente, temos que passar um tempo dedicado a nós e em nós. 

Você usa alguma técnica ou ferramenta para gerenciar o seu tempo?
Faço a separação da semana em projetos - cada dia da semana dedicado a um tipo de atividade em particular, por exemplo, dias de reuniões (para sair do office) ou dias de produção interna. Cada dia então é dividido em blocos - manhã, tarde e noite - e estes em sub-blocos como exercício, alimentação, trabalho focado e um tempo determinado para emails e redes. Desta forma consigo manter uma rotina consistente e produtiva. 

Utilizo ferramentas online para dar suporte aos detalhes deste sistema, como:

  • Asana para gerenciamento de projetos, equipes e tarefas.
  • Google Calendar para agendas em gerais - individuais e também compartilhadas.
  • Google Keep para listas em geral. 
  • Evernote para pesquisas e outras notas por projeto ou ideia. 

Além disso, em um âmbito mais pessoal, utilizo ferramentas para checar o meu movimento diário:

  • Samsung Health, para acompanhar passos, níveis e metas de exercícios diários e acompanhamento de metas de sono diárias. 
  • Clue para também estar a par dos ciclos femininos - que é importante também em meio a tantas informações no nosso dia a dia.
  • App da One Health tem feito esta questão burocrática de seguros de saúde mais produtiva, onde consigo solicitar reembolsos apenas ao tirar fotos das notas fiscais de médicos não conveniados. Quando preciso, ganho bastante tempo com isto. 
  • Online banking ajuda demais a ganhar tempo em tarefas do dia a dia também. 

Não penso em trabalho e vida pessoal separadas, por isso listei aqui praticamente todos os apps que uso. Eles, combinados, tornam o resultado mais produtivo como um todo. 

Eu sou muito atenta as minhas revisões semanais. Toda semana entro em contato com meus objetivos e projetos e isso me ajuda a manter o foco. O meu ritual de revisão semanal acontece geralmente aos domingos no final de tarde. Vou para um lugar tranquilo, coloco uma música, separo os meus materiais (computador, caderninhos e canetas) e por uma hora fico concentrada em planejar a minha semana. É um ritual muito gostoso e que faz muita diferença pra mim, pois é o que me ajuda a ficar em contato com o que mais importa
Sobre ferramentas, utilizo no  meu sistema o Evernote para gerenciamento de notas, Trello para gerenciamento de projetos com a equipe, Todoist para checklists e tarefas recorrentes e Bullet Journal para planejamentos e acordos. Possuo então um sistema misto de organização, que linka ferramentas analógicas com digitais.

Você pode perceber que o meu sistema foi montado com um apanhado de coisas que funcionam pra mim. O benefício então é que tenho ferramentas e técnicas que podem me ajudar com o meu fluxo. Gosto e aplico a organização personalizada. Cada pessoa tem um jeito e por isso mesmo, observar e descobrir o que funciona pra cada um é a melhor maneira de seguir.
quote-left
quote-left
quote-left

Então o que não vivo sem - o vazio. Ele me inspira e me equilibra, já que a mente está repleta de ideias e criações. 

O que você faz para economizar o seu tempo?
Economizar tempo não é um termo que utilizo no meu cotidiano. Uso e abuso dele ao máximo - com aquilo que faz sentido para eu alcançar os meus objetivos. Tudo aquilo que não está alinhado com estes objetivos ou valores, simplesmente não farão parte do meu cotidiano. Se sinto que ir a um evento, encontrar uma pessoa ou executar tal tarefa não faz sentido, não preciso incluí-los na minha rotina. Claro que tudo isto é feito com discernimento de que existem sim obstáculos e tarefas a serem percorridas que nem sempre vão dar toda a satisfação que buscamos, mas sim compreendendo que eles também vão te levar ao seu objetivo. Busco apenas caminhar numa linha o mais reta possível ao invés de circular por meandros como um barco sem rumo.  

Como você recarrega as energias? 
A arte sempre foi uma terapia para mim, um meio de expressão e descarregamento de sensações e emoções. Ela está sempre presente no trabalho e nos momentos de “esquecer o trabalho”.

Paralelamente a este movimento de criação, também utilizo o movimento do corpo como válvula de escape de energias, que consiste em uma rotina de exercícios diária que varia entre corrida, musculação e outros exercícios. Logo depois, dedico alguns momentos para meditação - ou reflexão. Recentemente estou incluindo mais um momento deste - desativo - ao final do dia - para realmente desligar e resolver as questões mentais antes de dormir. Alinhado a isso, a alimentação, feita de forma equilibrada e visando o seu bem estar em níveis de energia e nutrientes, também tem um papel essencial.
Busco momentos de realinhamento do pessoal com o profissional, do corporal com o mental, do ingerir, do inspirar e expirar. O equilíbrio é a chave e ajudam em uma vida mais focada, presente e produtiva também. 

É difícil esquecer completamente do trabalho, pois o que eu faço está muito relacionado ao meu próprio estilo de vida. Mas tenho minhas válvulas de escape e relaxamento. Medito todos os dias para exercitar a minha mente e isso sempre me traz muita energia.

Também faço Yoga e por uma hora fico completamente imersa na minha prática, sem pensar no resto do mundo. Gosto de estar na natureza, encontrar meus amigos e ver filmes. Geralmente quando o bicho pega e me vejo mais estressada, recorro a alguma dessas atividades e me sinto bem mais tranquila e com motivação para retornar ao trabalho posteriormente.

Se inscreva na nossa newsletter para ser notificado sempre que uma nova entrevista for ao ar!

Como você organiza o seu espaço de trabalho?
O que você não pode viver sem para se organizar?
Quanto menos, mais produtiva sou. Descobri em mim a capacidade de foco total em qualquer situação, mas a verdade é que em espaços limpos, bem iluminados (naturalmente de preferência) e organizados, me ajudam ainda mais no quesito produtividade. Portanto, ambientes com a predominância de cores claras - de preferência o branco - fazem com que a minha mente trabalhe ainda melhor. Um espaço de trabalho ideal é este, sem muito, apenas as ferramentas necessárias para aquela tarefa - seja um computador, um wacom, um papel e caneta ou uma parede em branco. Então o que não vivo sem - o vazio. Ele me inspira e me equilibra, já que a mente está repleta de ideias e criações. Uma analogia direta ao meu trabalho como artista também. Você sempre vai encontrar o branco como contraponto à uma composição. O vazio que equilibra o cheio. A calmaria que equilibra o caos. Um lugar neutro e organizado para equilibrar uma mente sempre criativa. 

Qual a principal dificuldade que você tem em manter a sua rotina organizada?
Como você costuma reverter essa dificuldade?
As distrações estão sempre presentes e podem às vezes gerar uma quebra de pensamentos e padrões. Celulares tocando, pessoas tirando dúvidas, notificações pulando nas telinhas. Para quebrar estes padrões criei os meus próprios que me mantém focada por mais tempo. O meu celular está SEMPRE no silencioso - vou ver se você me ligou naquele bloco do dia reservado para isso. O celular, computador ou outros aparelhos não tem notificações, luzes que piscam ou sons que possam quebrar uma linha de pensamento. Se estou próxima de outras pessoas, peço licença para um momento de foco, coloco fones que excluem ao máximo os sons dos arredores (ainda preciso de um noise canceller daqueles bons - porque aí sim decolo - rs) e foco ali naquele momento, espaço e tempo.

Rapidinhas
Qual livro você sempre indica aos seus amigos?
Tenho recomendado o Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas do Dale Carnegie, que tem fundamentos e exemplos interessantes para práticas diárias de relacionamento com pessoas. O Trabalhe Quatro Horas por Semana do Tim Ferris também é um que pode ser útil para quebrar alguns paradigmas pré-estabelecidos em relação ao “você tem que trabalhar incrivelmente muito para ter sucesso - ou ser produtivo”. 

Qual é o melhor conselho que você já recebeu?
​Permita-se ser você mesma da melhor forma que pode ser - sempre.

Complete:
Minha manhã perfeita começa com ... uma dose de exercício e um café da manhã rico em nutrientes complementares.

Meu dia ideal não pode faltar… um equilíbrio entre corpo, mente e criação.

Estou lendo… Inteligência Emocional de Daniel Goleman

Eu adoraria ver... meu amigos - e casal - Christian Wolthers e Juliana Goes responderem essas mesmas perguntas responder essas mesmas perguntas.

Existe algo mais que você gostaria de adicionar que possa ser interessante para os leitores?
A organização e processos nascem de um objetivo, o objetivo nasce a partir de uma insatisfação, e a insatisfação nasce da observação. Seja observador consigo mesmo, seja exigente consigo mesmo. As pessoas estão ocupadas demais cuidando da vida alheia e não percebem o quanto estão perdendo tempo. Não seja mais uma dessas pessoas, cuide de si, exija de si, e procure ser cada dia uma versão melhor de si mesmo. 

https://gabrielabrasil.com

Continue acompanhando a Kalina:

Site da Kalina * Instagram  * Person.a

O projeto Mentes Organizadas foi inspirado no How I Work. Aqui entrevistamos pessoas que nos inspiram sobre como elas se organizam para uma vida produtiva, para compartilhar esse aprendizado com mais pessoas.

Se você tem alguém para nos indicar que gostaria de ver por aqui nos envie um e-mail 🙂

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *