Alimentando o que me nutre

Alimentar é um ato revolucionário. É doação, afeto e amor. É uma ação transformadora. Por isso, quando faço meu planejamento pessoal aproveito para observar se estou alimentando o que me nutre. Ou seja, se estou dando atenção, afeto e amor não aquilo que apenas me satisfaz momentaneamente e me empanturra; mas aquilo que me fortalece e revigora. 

Nesse texto vou compartilhar um pouco sobre esse processo.

SABER O QUE É NUTRITIVO PARA VOCÊ

Exercitar o autoconhecimento é fundamental nesse processo para identificar o que fortalece seus sonhos, te motiva, te revigora. O que é natural, vital e essencial pra sua vida. 

Eu uso como guia os exercícios de autoconhecimento no começo do Wish Planner.

TORNAR O QUE TE NUTRE A SUA PRIORIDADE

Em uma época de instantaneidade e excessos, podemos nos perder e esquecer do processo de cultivar. Mas dar boas condições para que algo importante cresça, também se refere a limpar os excessos. 

Tirando o que é desnecessário, abre-se espaço para dar atenção ao que nutre nossa alma.

 

ESCOLHAS

Um ponto chave desse processo é fazer boas escolhas. Reveja suas experiências com pessoas, lugares, crenças, hábitos, …

Por exemplo: eu estava me sentido fatigada pelo tipo de informação que consumia ao longo do dia nas redes sociais. Sabe aquela informação que é como um doce para o cérebro, cheia de gordura e açúcar, repleta de calorias, mas sem valor nutricional nenhum? Esse tipo de informação pode passar uma falsa satisfação de “estar informado”, mas só ajuda a criar uma dependência por informações rápidas que não levam a lugar algum. 

Eu identifiquei que isso não estava me fazendo bem, e decidi diminuir consideravelmente meu tempo consumindo conteúdos nas redes sociais. 

 

A ARTE É O ALIMENTO DA ALMA

Por outro lado, arte e natureza me conectam diretamente às energias que me nutrem. Além de morar em casa com quintal cheio de árvores com os cães brincando à vontade, gosto de viajar para lugares com praia, montanhas ou floresta, onde a natureza flui sem domesticação.

Já na arte me conecto com o grandioso potencial do ser humano de criar beleza e emoção atemporais que tocam a alma e o coração. A música é uma das manifestações da arte que me revigora. Por isso, criei espaço para ela tomar conta da minha rotina. Fizemos um desafio aqui no ateliê da Wish Planner e a cada mês nós ouvimos a discografia completo de um artista que admiramos. Então cada planner foi feito e embalado ao som de David Bowie, Rita Lee, Chico César ou Beatles. =)

 

DISCIPLINA

Muito do que conseguimos hoje devemos aos nosso pais. Isso porque eles suportaram muita manha ao nos acordar pra ir pra escola, e ao nos fazer comer vegetais quando nosso paladar infantil queria apenas biscoito recheado. Mas agora, já adultos e responsáveis pelo nosso destino, aprendemos o valor da disciplina e rotina. Será? 

Enfrentar desafios faz parte do amadurecimento emocional e das conquistas a longo prazo. Há certos hábitos que irão te nutrir, como meditar, comer saudável, se exercitar… Mas para que eles cresçam em nossa vida, precisamos alimentá-los com disciplina e rotina. 

Então comece quebrando a ideia de que disciplina e rotina são coisas ruins. Quando você se apropria de gerenciar suas prioridades, elas são desafiantes e criam a estrutura para que você faça o que é preciso para ser quem você é. 

 

Pode não ser fácil na prática, mas alimentar o que te nutre é um ritual constante de nos manter conectados às nossas raízes, ao que fortalece nossos sonhos e desenvolve o nosso potencial. Um movimento que alinha o que nos faz feliz a satisfação de ser quem somos.

 

Espero que tenha gostado da leitura. Esse é o segundo texto da nossa série Mantras aqui no blog. Compartilhe em suas redes para fortalecer mais pessoas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *