Quando a quarentena acabar eu vou…

Quando a quarentena acabar eu vou… Atualmente isso é algo que tenho ouvido, lido, falado e pensado ocasionalmente. E você? 

Contudo, já vi quem alertasse que não devemos usar esse marco como condicionante para deixar de colocar projetos pra frente. Até porque ainda não sabemos por quanto tempo isso irá durar, então é preciso se adaptar às novas condições: sair só quando necessário e usando máscara, evitar aglomeração, triplicar os cuidados com higiene, trabalhar de casa sempre que possível, comprar pela internet, estudar em casa, fazer terapia por teleconsulta, reuniões por teleconferência, …

Adaptação

Nesse sentido novos hábitos  estão sendo criados. Trabalho, diversão, rotina… tudo mudou. Contextos mudam, então prioridades também. Eu já revisei minhas metas e atualizei o meu planejamento pessoal e financeiro. Não mudou a essência, mas é preciso redirecionar o trajeto.

Foi aí que pensei o seguinte (e o meu novo hábito de ler uma parábola zen todo dia após o almoço ajudou nisso): 

Tudo passa. A inconstância é a única certeza. Quando estamos inseridos em um contexto, pode ser difícil se visualizar fora dele. Hoje eu já penso no período anterior à quarentena e tudo o que fiz em janeiro e fevereiro como algo muito distante, como se fosse em outra vida! Imagine o pós-quarentena, ainda tão metafórico e hipotético. Mas isso vai passar. Quando? Ainda não sei. Como? Só imagino que não será como antes. 

Vai passar

Apesar disso, sabemos que irá passar. Então sugiro aqui o exercício de equilibrar essas forças e afinar nosso instrumento para continuar tocando a música da vida. Pegue papel e caneta (eu uso as últimas folhas do Wish Planner Anual para acessar sempre que quiser), crie uma coluna com título de “Na quarentena” e ao lado uma de  “Pós-quarentena”.

  • Escreva na primeira tudo o que você pode fazer durante esse período (respeitando as orientações da OMS, claro). Coisas para cuidar de você, melhorar sua rotina em casa, cuidar e proteger quem você quer bem, novos hábitos, construir algo, aprender algo…  Aproveite para pensar no que sempre era adiado antes por causa das demandas e urgências.
  • Na segunda coluna coloque o que você quer muito fazer quando a quarentena acabar. Dê asas à sua imaginação, seus sonhos, desejos e esperanças. Pense nas pessoas que você ama e estão longe, nas coisas que te fazem bem, lugares para conhecer, shows … Talvez agora você tenha alguns sonhos diferentes do que tinha até alguns meses atrás. 

Aproveita e compartilha com a gente aqui nos comentários 2 objetivos seus de cada coluna.

Em suma, esteja presente e olhe para o horizonte.

Você gostou desse artigo? Compartilhe nas redes sociais. No próximo post falarei sobre coisas essenciais para se fazer nessa quarentena.

PS: É preciso lembrar que o fim da quarentena pode não coincidir com o fim da circulação e contágio do vírus, por isso os cuidados deverão continuar até que uma vacina seja criada e estejamos devidamente imunizados. 

5 thoughts on “Quando a quarentena acabar eu vou…

  1. Nibia says:

    Quando a quarentena acabar, eu vou me esforçar para manter os bons hábitos que criei na quarentena, especialmente quanto à alimentação e exercícios.. =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *